Ministro do STF diz que Alexandre de Moraes é ‘nome ideal’ para lugar de Teori

O ministro do Supremo Tribunal Federal achar “ideal” a indicação do nome do ministro da Justiça do governo Temer, Alexandre de Moraes, para a cadeira que ficou vaga na Corte suprema com a morte de Teori Zavascki nesta quinta-feira 19. Marco Aurélio disse que ele indicaria o nome de Moraes. “Se a caneta fosse minha”, afirmou. A indicação do novo ministro é feita pelo presidente da República, ou seja, Michel Temer, que poderá também ficar com a relatoria da Lava Jato, que era função de Teori.

Em entrevista ao Broadcast Político, da Agência Estado, o ministro destacou as experiências de Alexandre de Moraes. “Aí nós temos, por exemplo, o ministro que está no Ministério da Justiça, que foi do Ministério Público, é professor, constitucionalista, foi secretário de Segurança Pública do prefeito (Gilberto) Kassab, secretário de Justiça e Segurança Pública do governo (Geraldo) Alckmin, e aceitou o sacrifício de ir para Brasília trabalhar no Ministério da Justiça”, disse. Segundo ele, uma eventual indicação do juiz federal Sérgio Moro, de Curitiba, para a vaga seria um “duplo prejuízo” para a Lava Jato, uma vez que “no Supremo, [Moro] estaria impedido de julgar [a Lava Jato], no grau recursal ou habeas corpus, esses processos, em que já havia atuado na primeira instância”.

COMPARTILHE