GOVERNO FEDERAL PODE EXTINGUIR 170 MIL CARGOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
Foto: Geraldo Magela / Agência Senado

Foto: Geraldo Magela / Agência Senado

O Ministério da Economia estuda uma medida que pode extinguir 170 mil cargos da administração pública federal. Alguns dos postos são de hialotécnico, especialista em moldar vidros, discotecário, seringueiro, detonador, linotipista e operador de telex. Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, os servidores que prestaram concurso para esses cargos e ainda estão na ativa permanecerão desse modo até a aposentadoria. Mas, em geral, eles já exercem atividades diferentes. Esse corte está sendo analisado pela Secretaria Especial de Desburocratização, que finaliza a proposta de um desenho para uma nova estrutura do serviço público, defendida pelo ministro Paulo Guedes. Atualmente, de acordo com a publicação, há 712,5 mil cargos na administração federal direta, autárquica e fundamental. Desse total, 535 mil estão ocupados.

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE