Ibirapitanga: Samir do Ubatã Noticias entrevista prefeito Isravan Barcelos
Prefeito de Ibrapitanga fala em avanços na gestão (Foto: Ubatã Notícias)

Prefeito de Ibrapitanga fala em avanços na gestão (Foto: Ubatã Notícias)

O Ubatã Notícias entrevistou, nesta quinta-feira (13), o prefeito de Ibirapitanga, Isravan Barcelos (PSD). Na entrevista, o gestor falou sobre os avanços na gestão, secretários de governo, perspectivas para o próximo ano, marca da gestão municipal e muito mais. Confira.

Samir – Em pouco mais de um ano de governo, dá para dizer que Ibirapitanga avançou?

Isravan – Acredito que avançou. Ibirapitanga hoje a gente percebe um município acreditado em se falando da região e também acreditado na intimidade, pelo seu povo. Então, contamos com a confiança do povo, dos funcionários, dos prestadores de serviço, todos apostam na gestão. Todos têm certeza de nossa responsabilidade. Acredito que a cara do município é outra. Estamos levando os serviços de forma satisfatória, como educação, saúde, segurança pública, infraestrutura. 2013 foi um ano para fazermos ajustes, para fazermos base, para que nos próximos três anos tenhamos ainda mais sucesso. Eu acredito nisso e tenho certeza de que o povo de Ibirapitanga, da zona rural, dos distritos também acreditam no sucesso.

Samir – O senhor recebeu o município com diversas obras paralisadas, algumas delas envolviam recursos federais. De quem é a responsabilidade?

Isravan – Na verdade, toda administração tenta de todos os modos captar recursos para o município. A administração passada não foi diferente. Recebemos duas obras que envolvem recursos federais paralisadas, que atendem o setor de educação. A gente relaciona a construção de uma quadra poliesportiva coberta e uma creche. Todas duas estavam paralisadas. Não estavam todos os repasses efetivamente feitos e havia um saldo em conta. Um saldo insuficiente para a conclusão das obras na etapa em que elas se encontravam. Percebemos que houve um vacilo, uma falta de acompanhamento. A responsabilidade pelos acertos é da gestão anterior. E a responsabilidade também pelos erros é da gestão anterior. Os motivos só o ex-gestor pode dizer. Mas é fato: encontramos obras paralisadas com saldo de recursos incompatíveis com a finalização das obras.

Samir – Essas obras vêm tocadas atualmente?

Isravan – Foi um desafio muito grande no sentido de a gente restabelecer o início. Mas a gente priorizou, até mesmo porque se trata de educação, que é prioridade em nosso governo. Fizemos contatos com a empresa vencedora da licitação, de forma transparente, e as obras devem ser finalizadas até o final de abril, mas existe a possibilidade de a entrega ser antecipada para o final de março.

Samir – Difícil administrar o município com três distritos e com uma população rural relativamente grande?

Isravan – É muito difícil, sobretudo quando a gente tem um distrito com população, problemas do porte inclusive da sede. Sem dúvida, Itamarati é um grande desafio. No ano de 2013 nós tivemos a oportunidade com a comunidade de Itamarati de brigar pela emancipação, porque entendemos que este é o caminho certo para Itamarati se desenvolver mais e com certeza o caminho certo para que Ibirapitanga se desenvolva de forma tranquila. Infelizmente, ainda não obtivemos êxito neste processo de emancipação. Agora, três distritos, uma zona rural grande é um grande desafio, mas a gente tem conseguido respostas satisfatórias. Temos administradores competentes nos distritos e comprometidos com a população. A gente tem conseguido fazer com que o Governo do Trabalho chegue aos quatro cantos do município.

Samir – Ibirapitanga agora tem FPM 1.4. O que isto representa do ponto de vista financeiro/administrativo?

Isravan – Bem, a projeção do IBGE que por estimativa elevou a população de Ibirapitanga da ordem de 22 mil habitantes para 24.059, gerando este aumento no FPM de 1.2 para 1.4 significa aproximadamente um incremento de receita a partir deste ano na ordem de R$ 2 milhões anuais. Sem dúvida alguma, a gente percebe que o governo invista mais, faça mais pelo seu povo, não só na área de infraestrutura como também no social. Essa mudança no FPM vai permitir mais trabalho em todo o município e também diminuir a sombra negativa que é o gasto de pessoal do município, pois se temos receita maior, há a possibilidade de diminuir o nosso índice de gastos com pessoal.

Samir – A arrecadação de recursos próprios de Ibirapitanga foi elevada durante a sua gestão?

Isravan – Nós temos ainda uma arrecadação própria ainda muito pequena. Na verdade ela responde por um percentual mínimo da arrecadação e isso infelizmente é uma realidade nossa e de todo município do porte de Ibirapitanga. A arrecadação própria ainda é tímida e não nos permite projeções ainda melhores. Tivemos, sim, a grata satisfação de ter uma resposta positiva da população em relação ao pagamento do IPTU. E isso sem dúvida reflete o crédito, a crença do povo numa administração que não para de trabalhar desde o início do governo.

Samir – O senhor assumiu a gestão após um governo extremamente populista e assistencialista. Nesse contexto, é difícil implementar um novo modelo de gestão?

Isravan – Eu acredito que Ibirapitanga já percebeu que desde a campanha a nossa gestão seria diferente. Fizemos uma campanha que não foi assistencialista, que não foi uma campanha de promessas. Não prometemos o céu e a terra. Fizemos uma campanha pé no chão. Observando e apontando os fatos, a realidade e a gente percebe que o povo no ano de 2013, apesar da diferença significativa entre o modelo de gestão entre os gestores, a gente percebe que o povo tem se adaptado. O que o povo espera é uma política de assistência que não seja meramente politiqueira. Pretendemos e estamos fazendo uma política para todos. A política assistencialista dos governos anteriores ela prestigiou muito poucos. A gente acredita numa política diferente. Então, o nosso governo não é assistencialista no sentido de patrocinar a resolução de um. Ele se preocupa com o coletivo.

Gestor diz que o Secretariado deu resposta positiva (Foto: Ubatã Notícias)

Gestor diz que o Secretariado deu resposta positiva (Foto: Ubatã Notícias)

Samir – Ibirapitanga continua no Cauc, ou seja, continua impedida de firmar convênios com o Governo Federal. Já há um prazo para o município conseguir a adimplência?

Isravan– O Cauc foi uma preocupação nossa no ano de 2013 e as pendências que ainda existem são momentâneas, pois todas as providências foram tomadas. A gente aguarda agora as entidades governamentais negativarem todas as pendências do município. Aquilo que não foi possível de pronto resolver, ajuizamos ações e estas respaldam o município para muito em breve estar completamente adimplente no Cauc. Paralelo a isso estamos também dispensando atenção para fazermos o mesmo no Sistema do estado, que é o Sicom.

Samir – Quem serão os candidatos a deputados estadual e federal do prefeito Isravan Barcelos?

Isravan – Nós tivemos aqui durante a campanha a participação de vários candidatos, de vários amigos que emprestaram o seu apoio. Então, somos muito gratos e respeitamos todas as figuras. Como deputado federal nós temos a simpatia e o desejo pessoal de apoiar aquela que a gente já apoia há dois mandatos que é o deputado Roberto Brito, mas também temos de citar o nome de João Leão, que é um nome muito bem visto no município. Citamos ainda o deputado federal Valmir Assunção, que foi um colaborador. Deputado estadual tivemos a presença de dois deputados. Citamos aqui o deputado que acompanhamos nos dois últimos mandatos, que foi deputado Ângelo Coronel, mas também cito aqui o nosso amigo Marcelino Galo, que nos recebe sempre de maneira carinhosa. Temos ainda o deputado Arimatéia. Respondendo a pergunta, como não temos dois amores, os deputados que representarão a chapa do governo deverá ser o deputado federal Roberto Brito e o deputado estadual Ângelo Coronel.

Samir – E para o governo do Estado?

Isravan – Para o governo do estado somos solidários, fazemos uma chapa só, o nosso amigo, definido pelo PT, é o nosso amigo Rui Costa, que antes era desconhecido, mas agora já está na boca do povo. Estou com três amigos aqui [aponta para o gabinete] e todos aqui estão com o nome da ponta da língua. Então é Rui Costa o nosso futuro governador da Bahia.

Samir – Qual a grande marca da gestão Isravan Barcelos até o momento?

Isravan – Na verdade, acredito que a nossa grande marca é a transparência e o trabalho. Temos a responsabilidade de responder diariamente os anseios da população até findar o nosso mandato. Sabemos que estamos aqui de passagem. Neste tempo que estamos à frente do município vamos honrar cada voto que recebemos e digo isso de forma muito segura, pois tenho prazer com o que fiz, com o que faço e com o que vou fazer até o último dia do mandato.

Samir – Como é a relação da gestão Isravan Barcelos com a Câmara Municipal?

Isravan – Na verdade, podemos dizer que temos uma satisfação de dizer que Câmara de Vereadores e executivo fazem parte de um time só. Todos os vereadores são comprometidos estão empenhados em discutir os problemas do município e em buscar soluções. A solução que temos para Ibirapitanga é a união. Politicamente falando, o governo fez seis vereadores e o ex-governo fez cinco, mas hoje somos onze vereadores, todos empenhados, amigos. O relacionamento tem sido muito bom e isso a gente tem percebido e acreditamos que será até o final.

Samir – Como espera deixar Ibirapitanga ao final do primeiro mandato?

Isravan – Tenho certeza que Ibirapitanga não viverá a mesma após a gente findar o nosso governo. Ibirapitanga vai estar de cara nova, com praças em todos os seus centros urbanos, com uma malha vicinal de toda a zona rural atendida, com um sistema de saúde e educação melhor, com uma política equilibrada, armônica e com um povo mais preparado para que no próximo pleito ele possa comparar ainda melhor o que é uma gestão que se compromete e dá para o povo com aquelas que simplesmente enganaram o povo. Tenho certeza que Ibirapitanga e seu povo estarão repletos de transformações positivas.

Samir – Considerações Finais.

Isravan – Quero dizer para o povo de Ibirapitanga que tenho orgulho de ser ibirapitanguense, que para mim é uma honra muito grande essa oportunidade que o povo me conferiu. Então para todos de Ibirapitanga, para todos mesmo, de dizer que o prefeito de Ibirapitanga, Dr. Isravan, é prefeito de todos vocês. Não existe partido político, a gente atende a todos de maneira igual. A prefeitura está aberta para qualquer informação. Governamos com transparência. Que Deus nos abençoe.

COMPARTILHE