Legistas confirmam suicídio como causa de morte de Chester Bennington

O porta-voz do Instituto Médico Legal do condado de Los Angeles confirmou, nesta sexta-feira (21), que a morte do cantor Chester Bennington, aos 41 anos, foi causada por suicídio decorrente de enforcamento (veja aqui). De acordo com informações da Folha de S. Paulo, o IML informou também que ainda será realizada uma necropsia. Ainda segundo a publicação, no quarto do artista, local onde ele foi encontrado morto, havia apenas uma garrafa quase vazia de álcool, mas nenhum bilhete explicando o ocorrido. O vocalista do Linkin Park morreu na última quinta-feira, 20 de julho, mesmo dia em que o amigo Chris Cornell faria 53 anos. Segundo o guitarrista da banda, Mike Shinoda, Chester foi muito afetado pela morte de Cornell, influenciando inclusive em sua capacidade de trabalhar.

COMPARTILHE