Maraú: Parceria entre prefeitura e IF Baiano reativa campus no povoado de Campinho

marau_logo

Está a pleno vapor a parceria entre a Prefeitura de Maraú e o IF Baiano para desenvolver atividades no Campus do povoado de Campinho. Em recente visita ao Campus Campinho, estiveram presentes alguns representantes do Grupo de Trabalho criado para dinamizar as atividades no município: pela Prefeitura de Maraú, Luiza Edmée (Chefe de Gabinete e coordenadora do GT), Josué Roque (Diretor de Pesca), Edson Souza (Administrador do Campinho); pelo IF Baiano Uruçuca, Euro Araújo (Diretor Geral); como convidados, os pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Helder M. V. Espírito Santo (Doutorando em Ecologia) e Carolina Freitas (Mestre em Ecologia). A visita teve como objetivo avaliar a reforma realizada em parte da estrutura física e apresentar aos pesquisadores a proposta de revitalização do espaço.

O Campus Campinho

O Campus Campinho, como é chamado, foi construído pela CEPLAC e estava desativado há mais de trinta anos. Possui estrutura de salas de aula, alojamentos, administração, laboratórios e tanques para desenvolvimento de aquicultura e pesca, todos em estado de sucateamento, devido à não utilização por longos anos. A localização do Campus é privilegiada, à beira mar na Baía de Camamu. Os laboratórios possuem sistema de abastecimento de água do mar e de poço, o que permite trabalhar de forma ideal com piscicultura, principalmente tendo como foco as espécies estuarinas nativas. A amplitude do Campus tem potencial para desenvolvimento de atividades em diversas áreas, incluindo o turismo.

A parceira entre a Prefeitura de Maraú e o IF Baiano

No ano de 2012, o IF Baiano recebeu uma cessão de uso do Campus por dez anos. Em abril de 2014, a prefeita Gracinha e sua equipe se reuniram com o reitor do IF Baiano, Geovane Barbosa do Nascimento, o Diretor Geral do Campus Uruçuca, Euro Araújo e o coordenador do Campus Campinho, Perimar Moura, onde foi firmada parceria e formalizado um Grupo de Trabalho com o objetivo de dinamizar as atividades em Campinho. Com a mobilização do grupo foi possível reformar parte da estrutura onde serão realizados os primeiros cursos, além de implantar um galpão para atividades práticas.

Segundo o pesquisador Helder Espírito Santo, a infraestrutura e localização privilegiada do novo Campus do IF Baiano tem grande potencial para alavancar a educação de nível técnico e superior, bem como a pesquisa científica na Península de Maraú e região. O pesquisador, graduado em Zootecnia e mestre em Ecologia de Peixes, é um entusiasta do cultivo de espécies nativas na aquicultura do Brasil e acredita que “o campus, localizado às margens da Baía de Camamu, tem grande capacidade para o desenvolvimento de tecnologias para o cultivo de pescado nativo”. Helder realça que “a estrutura de laboratórios, dos tanques de cultivo e o abastecimento de água do Campus são pontos fortes da infraestrutura, e com alguns investimentos em adequação, permitirão o desenvolvimento de pesquisas de alta qualidade”. Além da capacitação técnica dos moradores para o desenvolvimento destas atividades, o pesquisador destaca ainda que, “a presença do IF Baiano na Península de Maraú poderá atrair mais investimentos para a região, tanto relacionados à pesquisa quanto ao desenvolvimento e aperfeiçoamento de outras práticas econômicas sustentáveis, como o Ecoturismo”. Empolgado, Helder afirma que “esta é uma iniciativa que pode gerar uma grande transformação positiva na realidade da região”.

Para Euro Araújo, Diretor Geral do Campus IF Baiano Uruçuca, a implantação de uma escola federal em Maraú irá transformar a vida da população.

Abertura das atividades

Como marco do início das atividades no Campus Campinho, será realizada a Aula Inaugural do Curso de Laminação e Pintura em Embarcações de Fibra de Vidro, do Pronatec, no dia 07 de outubro. O Curso terá 220 horas de duração, com 25 alunos, todos da Península de Maraú, e terá o objetivo de preparar pescadores e marisqueiras para a construção e utilização de embarcações de fibra de vidro. A prefeita Gracinha comemora mais um grande avanço para o município de Maraú através das atividades do IF Baiano.

COMPARTILHE