CAMAMU – CASSADA, IONÁ CHAMA JUSTIÇA DE ‘CORRUPTA’

A prefeita cassada do município de Camamu, no baixo sul baiano, Ioná Queiroz (PT), que perdeu o mandato por abuso de poder econômico e político em julgamento realizado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), acusou os membros do pleno de corrupção. Em vídeo publicado no Youtube, a petista aparece em uma reunião de correligionários em que dispara as acusações contra o Judiciário. “Por que será que uma pessoa que ganha uma eleição… eu digo a vocês muito de mãos limpas, eu não peguei um real do município para comprar liminar. A Justiça é o maior corrupto deste país, eu digo hoje para vocês”, acusou e foi aplaudida. A prefeita disse ter recebido o apoio do governador Jaques Wagner (PT), de deputados federais e até mesmo da presidente Dilma Rousseff (PT) na ação judicial. “Todos lutaram, mas a Justiça é um poder paralelo. Se tivesse o governo do PT força na Justiça eles não teriam também sendo punidos (sic). (…) Nós fomos golpeados pela justiça dos homens”, completou. Na oportunidade, ela negou ainda a acusação de ter distribuído alimentos e roupas durante a campanha eleitoral de 2008.

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE