Gracinha Viana e Eduardo Salles cobram o abastecimento de água para Península de Maraú
Gracinha esteve esta semana em Salvador || Foto: Divulgação

Gracinha esteve esta semana em Salvador || Foto: Divulgação

Um dos destinos turísticos mais procurados no país, Maraú tem sofrido com a falta de água, principalmente no período do verão. Para tentar resolver a situação, o deputado estadual Eduardo Salles e a prefeita Gracinha Viana participaram, nesta segunda-feira (18), de audiência com o presidente da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), Rogério Cedraz, e o diretor de Operação do Interior do órgão, José Ubiratan. Foi solicitado a elaboração do projeto executivo que resolveria o problema no abastecimento de água na Península de Maraú. O presidente explicou que já existe uma concepção inicial para o projeto e o parlamentar esclareceu que em 2018, em reunião com o presidente da Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (CERB), Marcus Bulhões, foi definida uma parceria entre o órgão e a Prefeitura para a realização do levantamento planialtimétrico. A iniciativa é fundamental para a análise de toda a área que a adutora vai percorrer entre a cachoeira de Tremembé e a Península.

Eduardo Salles e Gracinha solicitaram também que o projeto executivo fosse colocado em licitação o mais breve possível para que pudessem buscar recursos no governo federal. O presidente da Embasa explicou que, por conta da distância entre as duas localidades, de aproximadamente 70KM, a obra está orçada em torno de R$ 40 milhões. Só com o projeto executivo, será desembolsado R$ 1 milhão. Ele se comprometeu em anunciar a licitação do projeto ainda este ano. “Sabemos das dificuldades financeiras que passa o Estado, mas estou aqui cumprindo meu papel de parlamentar, que é defender os pleitos de Maraú. O município é referência turística no mundo e precisamos oferecer condições e uma ação definitiva aos moradores e turistas que enchem as ruas, principalmente no verão”, reforçou Eduardo Salles. Cedraz e Ubiratan assumiram o compromisso de visitarem Maraú e, posteriormente, realizarem o planejamento estratégico, que possibilite fornecimento de água de qualidade e suficiente para atender os moradores de Tremembé, Ibiaçu, Algodões, Saquaíra e Tabuleiro.

SANEAMENTO

Na Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), em janeiro deste ano,  o deputado e a prefeita discutiram o plano de saneamento básico para Maraú, que já está sendo elaborado, e inclui, também, a Península. Com o plano liberado, a próxima etapa é a busca de recursos para efetivar mais uma obra. “Reforço meu compromisso em lutar, ao lado da prefeita, do vice-prefeito Dr. Léo, o deputado federal Ronaldo Carletto, vereadores, secretários e nosso grupo político para levar água para quem mais precisa o mais breve possível”, finaliza Eduardo Salles.

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE