UBAITABA – CIDADÃ MOSTRA INDIGNAÇÃO PELA FALTA DE RESPEITO AO DIREITO DO SILÊNCIO

Fiquei sem entender nada, a comunidade nas vizinhanças do colégio CEU, já fez e deu entrada no Ministério Publico, solicitando o fim das festas na referida escola, entretanto, ontem, 06/11, a comunidade local foi obrigada a passar o dia de descanso ouvindo um som altíssimo desde as 10 horas da manhã até praticamente meia noite, a arruaça e gritaria do final da festa e ainda ter que acordar com a imundice do lixo deixado pela “festa”, alem do cheiro de urina pelos passeios.

Gostaria de saber de quem é a responsabilidade, pois hoje, segunda feira, 07/11, estou exausta, pois não tive o beneficio do meu descanso e nem pude fazer nada produtivo: escrever, ler, assistir um bom filme, ouvir uma boa musica que seja musica, e não o pagode que denigre a mulher, e as vozes gasguitas e desafinadas das bandas que se apresentaram na referida escola durante mais de 12 horas.

COMPARTILHE