Brasil







Brasil tem 13,4 milhões de pessoas em condição de pobreza extrema, diz IBGE

Foto: Reprodução

Cerca de 13,4 milhões de pessoas ainda vivem em condição de pobreza extrema no Brasil. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), obtidos na pesquisa Síntese dos Indicados Sociais, realizada no ano passado. Cerca de 6,5% da população vivia com até US$ 1,90 por dia o país. A nota de corte considera a classificação de pobreza extrema definida pelo Banco Mundial. QUando convertido para o câmbio da época, o rendimento dessas pessoas fica em R$ 133,70 por mês. Por outro lado, um quarto da população brasileira vive no nível menos agudo de pobreza, com renda de até US$ 5,50 por dia, ou R$ 387 mensais. De acordo com a Folha, não existe uma classificação oficial no Brasil do que se considera pobreza extrema.O IBGE mensurou o percentual de população nessas condições conforme definições diversas. Além daquela do Banco Mundial, outro conceito analisado foi o das pessoas aptas a serem benficiárias do programa Bolsa Família. Segundo o IBGE, 17,5 milhões de pessoas são elegíveis para o programa. Do total da população brasileira, 4,2% (8,6 milhões) vivem com renda de até R$ 85 por mês, a primeia elegível para obter benefícios do programa. Na segunda faixa, de R$ 85 a R$ 170, o contingente chega a 4,3% da população (8,9 milhões). O terceiro conceito analisado foi o de pessoas que recebem até um quarto do salário mínimo por mês, R$ 220, o que representa 12,15% da população (25 milhões de pessoas). O contingente salta para 36 milhões (17,8% da população) quando avaliada a faixa que recebe de um quarto do salário até meio salário mínimo. Nos dados por estado, 15 das 27 unidades federativas estão acima da média nacional para pobreza extrema. Todos estão no Norte e no Nordeste. Maranhão (52,4%), Amazonas (49,2%), Acre (46,6%), Pará (45,6%) e Ceará (44,5%) estão entre os estados com mais pessoas vivendo na pobreza. Santa Catarina é o estado onde o dado é menor, 9,4%.

COMPARTILHE

Governo de Goiás distribui bonecas ‘transgênero’ para crianças e causa polêmica

Foto: Reprodução

A distribuição de bonecas pelo governo de Goiás está causando polêmica nas redes sociais desde a quinta-feira (14). Isso porque as bonecas têm características e roupas femininas, mas o órgão genital é masculino. Alguns pais não gostaram e criticaram os brinquedos, que foram apelidados de “bonecas transgênero”. O pai de uma das crianças publicou um vídeo na internet mostrando a boneca. Os brinquedos estão sendo distribuídos às crianças dos 246 municípios goianos dentro do Projeto Show de Natal da OVG e governo. Alguns pais também questionaram o motivo de as bonecas terem um ânus. “Isso é patético. Para que esse trem aí se ela não vai defecar?”, questionou uma mulher. “Alguém poderia me explicar essa palhaçada? Por que as bonecas femininas têm um buraco e as masculinas não? Que idiotice é essa? Eu com 43 anos, sempre pensei que essa parte era igual”, escreveu outra pessoa nas redes sociais.  Mas também teve quem apoiasse a distribuição das bonecas. “As bonecas são uma réplica do corpo humano. Se o corpo tem, por que a boneca não pode ter? Pais, aproveitem a deixa para orientar seus filhos sobre o próprio corpo. Tratar a sexualidade como tabu só traz sofrimento pras pessoas”, escreveu uma internauta. O governo fez uma coletiva de imprensa na tarde de quinta-feira para falar sobre o assunto. O diretor da OVG, major Augusto, disse que ficou surpreso com a polêmica e afirmou que as mesmas bonecas foram distribuídas no ano passado. Cerca de 4,6 mil peças foram entregues o ano passado no Ginásio Goiânia Arena.  “Mas é claro que respeitamos a opinião das pessoas. A OVG está aberta a sugestões e críticas e também nos colocamos à disposição para receber as devoluções de brinquedos, os pais têm a opção de escolha de outros itens que estão sendo distribuídos em todo o Estado”, afirmou o major.

COMPARTILHE

General do Exército volta a cogitar intervenção militar no Brasil

General defende intervenção militar em uma situação de caos.

O general do Exército Antonio Hamilton Mourão voltou a defender a possibilidade de intervenção militar no Brasil. Ele já tinha cogitado isso em setembro, quando disse que o Exército poderia atuar caso o Judiciário não consiga resolver “o problema político”. Nesta quinta, 7, ele voltou a falar sobre o assunto durante uma palestra no Clube do Exército, em Brasília. De acordo com ele, as Forças Armadas poderia ter o papel de “elemento moderador e pacificador” agindo “dentro da legalidade”. Ele complementou que isso só ocorreria “se o caos for ser instalado no país”. Para ele, por enquanto, essa situação não é necessária, mas as Forças Armadas está atenta “para cumprir a missão”.

COMPARTILHE

Anatel registra bloqueio de 9,1 milhões de celulares por roubo, furto ou perda

Mais de nove milhões de celulares foram bloqueados em todo o país no mês de novembro. Os números constam no Cadastro Nacional de Estações Móveis Impedidas (Cemi) e foram divulgados hoje (8) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). No total, o Cemi registrou 9.123.567 celulares bloqueados em novembro. De acordo com a agência, os dados mostram que houve um aumento 1,33% na comparação com outubro, com 119.421 a mais aparelhos bloqueados. Os dados do Cemi mostram que, nos últimos 12 meses, mais de 1,5 milhão de celulares foram bloqueados em decorrência de roubo, furto ou perda, na comparação com novembro de 2016. Os bloqueios são decorrentes de solicitação direta dos usuários às empresas telefônicas ou pelo registro de Boletim de Ocorrência nas polícias dos estados e do Distrito Federal. *Agência Brasil

COMPARTILHE

População carcerária do Brasil dobrou nos últimos 11 anos

Brasil ultrapassou a Rússia em 2015 e agora abriga a terceira maior população prisional do mundo, segundo dados divulgados nesta sexta (8) pelo Ministério da Justiça.  Eram 699 mil brasileiros presos naquele ano, contra 642 mil russos. Só perdemos para os Estados Unidos (2,1 milhões) e a China (1,6 milhão). Também temos a terceira maior taxa de encarceramento por 100 mil habitantes (342) desde 2000, quando ultrapassamos os chineses (119). O índice é mais baixo apenas que o dos americanos (698) e da Rússia (445), mas é o único que está em crescimento contínuo desde 1995. Os dados são do Infopen (Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias), que é feito pelo Depen (Departamento Penitenciário Nacional) desde 2004. A coleta é realizada por meio de um formulário digital, preenchido pelos gestores de todos os estabelecimentos prisionais dos Estados brasileiros. O censo de dezembro de 2014 era o mais atual até esta sexta, quando o órgão lançou as informações de dezembro de 2015 e junho de 2016, colhidas de maneira simultânea no ano passado.

MAIS SUPERLOTAÇÃO

O levantamento mais recente indica que o número de vagas no sistema prisional brasileiro diminuiu, na contramão da população carcerária, que só cresce. Foram registradas 3.152 vagas a menos (queda de 0,8%) e 28.094 presos a mais (alta de 4%) no primeiro semestre de 2016, com relação ao fim de 2015. Com isso, a taxa de ocupação nas prisões saltou de 188% para 197% no período, ou seja, há dois presos para cada vaga em presídios no Brasil. Na prática, nove em cada dez detentos vivem em unidades superlotadas. Uma resolução do Ministério da Justiça de novembro do ano passado recomenda que o limite da superlotação seja, no máximo, de 137,5%, mas todos os Estados ultrapassam esse índice. “O Depen é responsável por fazer inspeções e verificações nas unidades prisionais. Não há uma punição do Depen [aos Estados que descumprem a resolução], mas há uma sentença recente do Distrito Federal no sentido de indenizar pessoas que tiveram seus direitos subtraídos”, disse o diretor-geral do Depen, Jefferson de Almeida, durante a apresentação dos dados nesta sexta. Em maio, em Genebra, o Brasil se comprometeu a reduzir sua população carcerária em 10% até 2019, após pressão da comunidade internacional. Segundo Almeida, o Ministério da Justiça “atuou fortemente” com o Judiciário para implantar audiências de custódia -cujo objetivo é evitar prisões desnecessárias- e medidas de estímulo a penas alternativas.

A estimativa do governo, de acordo com ele, é que tais ações tenham evitado a entrada de cerca de 140 mil pessoas no sistema prisional em 2017. O dado exato, porém, só estará disponível no início do ano que vem, após a conclusão dos estudos. “Se formos imaginar que vamos resolver o problema [da superpopulação] apenas com criação de vagas, nós vamos demorar bastante tempo”, disse Almeida. Ele disse que, em dezembro do ano passado, foi repassado aos Estados R$ 1,2 bilhão do Funpen (Fundo Penitenciário Nacional), que até então vinha sendo contingenciado. Neste ano, há a expectativa de repassar cerca de R$ 678 milhões do fundo -o valor exato, segundo Almeida, será calculado até o fim deste mês. Para Rafael Custódio, da ONG Conectas Direitos Humanos, os novos números do Infopen não são surpresa. “O resultado do levantamento é reflexo de uma opção política. O Brasil continua insistindo no erro do encarceramento em massa de pobres, negros e jovens.” O levantamento, afirma, reforça o fato de que as rebeliões que ocorreram no início deste ano no Amazonas, em Roraima e no Rio Grande do Norte não foram por acaso. Em janeiro, conflitos entre facções criminosas dentro de presídios deixaram mais de 120 detentos mortos nesses Estados. Os três registraram taxas de superlotação acima da média nacional em 2016 -o AM é disparado o pior do país, com 484%. “Um Estado que deixa sua taxa de ocupação chegar a esse ponto é um Estado omisso e que está conivente com a violação dos direitos humanos”, diz Custódio.

COMPARTILHE

Projeto endurece pena para motorista embriagado que matar no trânsito

Foto: Reprodução

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 6, um projeto de lei que muda o Código Brasileiro de Trânsito e endurece a pena para homicídio culposo em situações onde condutor estiver comprovadamente embriagado. O projeto vai à sanção presidencial. Pela proposta aprovada, se o motorista estiver sob efeito de bebida alcoólica ou qualquer substância psicoativa que determine dependência, a reclusão será de 5 a 8 anos, além da suspensão da habilitação ou proibição do direito de dirigir veículo automotor Hoje, a pena de reclusão é de 2 a 4 anos de prisão. O projeto é de autoria da deputada Keiko Ota (PSB-SP). Hoje, motoristas que se envolvem em acidentes com vítimas fatais podem ser enquadrados tanto no homicídio doloso (quando é assumida a intenção de matar) quanto no culposo (sem a intenção de tirar a vida), dependendo da interpretação dada pela autoridade responsável pela investigação. Ativistas alegam que ao indiciar o condutor embriagado na categoria de homicídio culposo, é comum o réu ser punido com o pagamento de cestas básicas ou serviços comunitários. “A ideia é acabar com a cesta básica”, disse a deputada Christiane Yared (PR-PR). Articuladora da votação do projeto, a parlamentar é mãe de Gilmar Rafael Souza Yared, morto ao lado do amigo Carlos Murilo de Almeida em setembro de 2009. O carro onde os dois estavam foi atingido pelo veículo conduzido pelo então deputado estadual do Paraná, Fernando Ribas Carli Filho. Durante a votação, parlamentares argumentaram que a violência no trânsito é uma das principais causas de mortalidade entre os jovens no País. “É preciso endurecer a pena de quem faz vítimas e deixa as famílias dilaceradas”, disse o líder do PRB, Cleber Verde (MA). Levantamento feito pelo movimento “Não Foi Acidente”, de 2009 até hoje foram registrados 460 mil casos de morte provocados por motoristas embriagados. Ao citar o levantamento no plenário, a deputada lembrou que, nesse universo de casos, só 16 motoristas foram efetivamente presos.

COMPARTILHE

Chefe do tráfico da Rocinha, Rogério 157 é preso durante operação no Rio

O traficante Rogério Avelino dos Santos, mais conhecido como Rogério 157, chefe do tráfico na favela da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro, foi preso na manhã desta quarta-feira (6) durante uma operação conjunta das polícias Civil, Militar e Federal, com a Força Nacional e das Forças Armadas. Segundo informações do portal G1, Rogério, que é um dos criminosos mais procurados do Rio de Janeiro, foi o responsável, em setembro, pelo início de um conflito na comunidade. Ele foi detido na comunidade do Arará, na Zona Norte do Rio, e levado para a Cidade da Polícia, no Jacarezinho. A guerra entre facções rivais resultou na realização quase diária de operações de segurança. Nos primeiros dias, 1.100 homens atuaram na favela, sendo 550 homens das forças armadas (Fuzileiros Navais, Exército e Força Aérea Brasileira) e 550 da Polícia Militar. Na manhã desta quarta, participam da operação 2,9 mil homens das Forças Armadas, fazendo o cerco das comunidades. O espaço aéreo também está controlado, mas as operações dos aeroportos estão mantidas.

COMPARTILHE

Dançarina morre ao sofrer dois acidentes em apenas 5 minutos em SP

Dançarina foi vítima de dois acidentes e morreu I Foto: Reprodução

A dançarina Alessandra Andrade, 43 anos, morreu depois de sofrer dois acidentes em apenas cinco minutos em São Vicente, no litoral de São Paulo, no sábado (2). Ela tinha acabado de fazer uma apresentação de dança depois do show do cantor Léo Santana na cidade e voltava para casa quando morreu. Segundo amigos, a dançarina tinha dito pouco antes que aquela seria a última apresentação de sua vida. Alessandra voltava de moto para casa, em Cubatão. Ela passava pela Rodovia Anchieta quando um carro tocou na moto e Alessandra foi arremessada e atropelada. Enquanto recebia atendimento, outro carro passou, não respeitou a sinalização e atropelou novamente a dançarina, que acabou morrendo.  Ela foi ao show de Léo Santana em uma casa noturna de São Vicente com amigos. “Ela estava sempre sorrindo, animada e bem arrumada. No dia do acidente era o oposto. Estava desarrumada, cabisbaixa e cansada”, disse ao G1 a amiga Taio Messias. O combinado era que o grupo de dança iria abrir a noite, antes de Léo Santana subir ao palco. Mas houve atraso e os dançarinos acabaram fechando o show, depois do cantor baiano. “Ela estava cansada. Chegou a dizer que essa seria a última apresentação dela”, explica Frederico César, professor de dança que se apresentou com Alessandra. “Ela falou ‘esse é o meu último show, não subo nunca mais no palco. Estou cansada, velha e não tenho mais idade pra isso’, parece que sabia que ia morrer”, conta Taio. “Talvez estivesse preocupada com o atraso do show porque no dia seguinte ela teria uma atividade com os alunos dela no Sesc de Santos e precisava ir embora”, diz. “Ela não saiu de dentro do camarim. Ficou reservada. Mas quando subiu no palco, foi lindo. Ela dançou como sempre, deu um show. Quando acabou, ela foi embora.” A apresentação acabou terminando depois de 4h da madrugada. Ao Uol, Taio contou que como chegou tarde em casa, dormiu rapidamente. Ela acordou às 13h de domingo com várias mensagens e que ficou bastante chocada. “Ela estava com a gente agora mesmo”, lembra de dizer. “Foram dois atropelamentos. Estamos chocados. A gente tem de acreditar que era o dia dela, que sua missão já tinha sido cumprida”, acrescenta. O corpo da professora foi velado e sepultado no domingo, em Cubatão, com presença de mais de 200 pessoas.  Imagens das câmeras de monitoramento da rodovia devem ajudar a identificar o atropelador. A placa dianteira do carro acabou caindo na via e foi localizada depois do acidente. O suspeito ainda não se apresentou à delegacia e não foi encontrado.

COMPARTILHE

Petrobras reajusta preço do gás de cozinha em 8,9%

A Petrobras reajustou em 8,9%, em média, o preço do gás liquefeito de petróleo (GLP) para uso residencial, engarrafado pelas distribuidoras em botijões de até 13 quilos (kg). O reajuste do gás de cozinha entra em vigor à 0h desta terça-feira (5). O aumento se deve principalmente à alta das cotações do produto nos mercados internacionais, que acompanha a alta do Brent, (petróleo cru), que indica a origem do óleo e o mercado onde ele é negociado, segundo a Petrobras. O percentual anunciado de reajuste leva em contra preços praticados sem incidência de tributos. Se for integralmente repassado ao consumidor, a Petrobras estima que o preço do botijão de gás de cozinha de 13 kg deve subir, em média, 4%, ou cerca de R$ 2,53 por botijão, isso se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos. Em nota, o Sindicato das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) afirma que o reajuste anunciado pela Petrobras ainda deixa o preço dos botijões de cozinha de 13kg cerca de 1,3% abaixo do preço de paridade internacional.

COMPARTILHE

Após dois anos de queda, reclamações na Black Friday crescem 17% em 2017

Foto: Reprodução/G1

Após dois anos de retração, o número de reclamações por parte dos consumidores contra os varejistas durante a black friday cresceu em 2017. A informação foi concluída a partir de um levantamento do site Reclame Aqui, que reúne queixas de internautas, e recebeu 3.503 reclamações de consumidores entre 18h de quinta-feira (23) até meia-noite de sábado (25), um volume 17% maior do que o registrado no evento de 2016. De acordo com o G1, pelo terceiro ano consecutivo, a propaganda enganosa liderou o ranking de reclamações do site – em 2017, esse foi o motivo de 13,5% das queixas. Ainda segundo o site Reclame Aqui, foram registradas muitas denúncias sobre sites falsos, fretes abusivos e mais caros que os produtos, além do tempo de entrega.

COMPARTILHE

Bahia contará com mais de 320 prefeitos na Marcha a Brasília, estima CNM

Foto: Divulgação

A Bahia contará com mais de 320 prefeitos, o maior entre os estados brasileiros, na Marcha a Brasília, que acontecerá nesta quarta-feira (22). A iniciativa reunirá mais de 1,4 mil gestores de todo o Brasil, segundo dados do boletim da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) em busca de ajuda do governo federal por causa da crise financeira que atinge os municípios. O objetivo da ação é pressionar o Palácio do Planalto a conceder, por meio de Medida Provisória, o Apoio Financeiro aos Municípios (AFM), de forma emergencial, no valor de R$ 4 bilhões. Desse total, R$ 373,8 milhões socorreriam os municípios baianos. “Esse número alto representa a triste realidade financeira que estão vivendo todas as prefeituras do estado. Estamos diante de um momento de união para fazer a força que os municípios necessitam. É uma questão de sobrevivência. Sabemos que as conquista só vêm com muita luta”, disse o presidente da União dos Municípios da Bahia e prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro. A expectativa é que, no dia 22, aconteça a discussão dos vetos presidenciais, em sessão conjunta do Congresso Nacional. A marcha também pretende pressionar pela derrubada do veto ao Encontro de Contas. Ele permitirá uma subtração entre débitos e créditos das prefeituras com a União, resultando no real valor da dívida e no exato montante das parcelas que devem ser descontadas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para quitá-la.

COMPARTILHE

Temer assinará decreto que proíbe a abertura de cursos de medicina por 5 anos

Foto: Reprodução

O governo Michel Temer vai decretar uma moratória para impedir a abertura de novos cursos de medicina no país, estabelecendo um prazo de cinco anos. De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, a medida foi confirmada pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. Segundo ele, o decreto para a adoção da medida já está na mesa do presidente, que deve assinar o decreto até o final deste ano. “Há um clamor dos profissionais de medicina para que se suspenda por um período determinado a abertura de novas faculdades, em nome da preservação da qualidade do ensino”, afirma o ministro. Ele acrescenta, no entanto, que há ainda dois editais em andamento para a abertura de novos cursos, lançados ainda durante a gestão Dilma Rousseff, que serão concluídos.

COMPARTILHE

Operação da PF desarticula quadrilha que movimentava 200 kg de cocaína por mês

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (17) a Operação Enigma, para desaritcular uma organização criminosa de tráfico internacional de entorpecentes. São cumpridos 67 mandados judiciais no Mato Grosso do Sul, Paraná e Santa Catarina, dos quais 37 são de busca e apreensão, 20 de prisão preventiva e 10 de prisão temporária. As drogas eram compradas do Paraguai para serem comercializadas em Curitiba (PR) e região metropolitana. De acordo com as investigações, o grupo movimenta 200 quilos de cocaína por mês. Algumas prisões em flagrante e apreensões de entorpecentes negociados pela quadrilha feitas ao longo da investigação. Mas os supostos integrantes da organização, numa tentativa de driblar as investigações, estabeleceram um esquema de lavagem de dinheiro que envolvia a ocultação e fracionamento das operações financeiras: eles usavam laranjas para realizar negócios envolvendo compra de veículos de luxo, imóveis rurais e outros de alto padrão no litoral de Santa Catarina. Segundo o Estadão, um dos líderes do grupo já foi alvo de investigação por tráfico de drogas em uma ação da PF e atua há anos como traficante de drogas. Os alvos da operação podem responder judicialmente por tráfico internacional de entorpecentes, associação para o tráfico, associação criminosa e lavagem de ativos.

COMPARTILHE

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 19 milhões em sorteio desta quinta-feira

A Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 19 milhões ao apostador que acertar as seis dezenas do concurso 1.986. O sorteio acontece às 20h, no horário de Brasília, desta quinta-feira (9). Excepcionalmente este é o segundo concurso desta semana, como parte da ‘Mega Semana da República’ – o primeiro foi nesta terça (7) e o próximo será no sábado (11). Normalmente, os sorteios acontecem às quartas-feiras e aos sábados. Com o prêmio desta quinta, o apostador sorteado pode receber mensalmente R$ 90 mil, se aplicar o dinheiro na poupança, ou comprar 47 imóveis de até R$ 400 mil cada um. As apostas podem ser feitas até às 19h, no horário de Brasília.

COMPARTILHE

‘Minha vida girava em torno dela’, diz assassino de aluna em Goiás

Misael Pereira Olair I Foto: Reprodução

Misael Pereira Olair, 19 anos, preso por matar a tiros a estudante Raphaella Noviski, 16, dentro de uma sala de aula, voltou a ser ouvido pela polícia nesta quarta-feira (8). Ele afirmou no depoimento que o amor não correspondido pela vida fez com que entrasse em depressão. Disse ainda que conhecia a vítima há quase cinco anos e desde então ficou “fascinado” por ela. A informação é do G1. “Eu entrei numa depressão que não dormia mais à noite, trocava a noite pelo dia. Eu estava com muito ódio, tinha fome e de resto não tinha mais nada. Acho que minha vida girava em torno dela. Teve época que esqueci, mas tinha que ter procurado ajuda profissional”, contou Misael à delegada Rafaela Azzi.  Ele disse que decidiu sair da escola, onde também estudava, por conta da rejeição de Raphaella. Ele abandonou os estudos lá em outubro do ano passado.

Raphaella Noviski I Foto: Reprodução

Desde então, começou a planejar matar a garota. “Todo mundo achou estranho (a saída). Já saí com ódio e vontade de matar. A professora ligou pra eu voltar, para eu passar de ano, falei que não voltava por uma pessoa que odeio e não queria ir para o colégio. Ela começou especular, quem é essa pessoa”, diz. Ele foi ouvido por pouco mais de uma hora. A delegada afirmou que vai pedir exame psicológico de Misael. “Pelo relato depressivo dele que antecede a prática criminosa e a premeditação, vou solicitar o exame ao Instituto de Criminalística”, explica. A polícia tem 30 dias para concluir o inquérito.

COMPARTILHE

Homem tenta esfaquear pastor durante culto transmitido ao vivo no Facebook

A transmissão ao vivo de um culto no Facebook mostrou o momento em que um pastor quase foi esfaqueado por um homem na igreja “O Brasil Para Cristo”, na área central de Tatuí (SP). Segundo a polícia, o caso aconteceu no domingo (5) e o rapaz, de 26 anos, foi detido. A imagem trava algumas vezes por conta da transmissão, feita pela página da igreja no Facebook. No vídeo é possível ver o momento em que o homem sobe a escada lateral do púlpito e puxa uma faca da cintura. Com os gritos dos fiéis, o pastor se vira a tempo de ver o homem investindo contra ele com a faca em mãos. Ele, então, se esquiva e começa a andar para trás, enquanto repete várias vezes: “O sangue de Jesus tem poder”. Vários homens sobem no palco e um deles agarra o agressor pela cintura e o derruba no chão. Após o agressor ser contido, o pastor ri e diz: “Tá na mão, tá na mão. Aleluia. Glória a Deus”, enquanto o homem é retirado da igreja. Alguns internautas deixaram comentários sobre o incidente no vídeo. “Deus é fiel e livra os teus servos do mal. Deus no controle”, escreveu um. “Esse culto ficou marcado, mas a glória de Deus prevaleceu”, disse outro. De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi acionada e o rapaz foi levado para a delegacia. Ele alegou que estava no culto e que não gostou do louvor. Ressaltou, porém, que não tem nada contra o pastor e que frequenta a igreja há 10 anos. Um termo circunstanciado de lesão corporal tentada foi assinado, e o jovem foi liberado em seguida. O caso será investigado pela Polícia Civil. Com informações do G1

COMPARTILHE

Temer nomeia Fernando Segóvia para substituir Leandro Daiello na diretoria da PF

O presidente Michel Temer vai nomear o delegado de carreira Fernando Segóvia para diretor-geral da Polícia Federal, em substituição ao também delegado Leandro Daiello. A saída do agora ex-chefe da instituição tem sido negociada desde quando o ministro do Supremo Alexandre de Moraes ainda estava à frente do Ministério da Justiça. Segundo o Estadão, Daiello se diz cansado, sob pressão da família e com a sensação de que já fez o que tinha que fazer. O governo garante que a troca não interferirá na Operação Lava Jato nem outras investigações. Com 22 anos de carreira, Fernando Segóvia tem experiência em inteligência de fronteiras, questão considerada prioritária pelo governo no combate ao crime organizado. Com informações do Bahia Noticias

COMPARTILHE

Acidente envolvendo ônibus da Águia Branca deixa dois mortos

Um acidente envolvendo um ônibus da viação Águia Branca e uma Pick-up Strada, na manhã desta segunda-feira (06) resultou na morte de um casal. A colisão aconteceu na rodovia ES 080, que liga os municípios de São Domingos do Norte e Águia Branca, região Norte do Espírito Santo. As vítimas foram identificadas como Vitor Hugo Louback e Clariana Mattos. Segundo informações do site Rede Notícia ES, eles residiam na localidade de Cedrolândia, em Nova Venécia. De acordo com a Polícia Militar de São Domingos do Norte, o acidente aconteceu por volta das 7h30. O casal, que estava no veículo de passeio, passou por cima da lama e o condutor perdeu o controle da direção do veículo, vindo a colidir a lateral na frente do ônibus. Com informações do RBN

COMPARTILHE

Caixa d’água desaba e mata duas crianças em escola de Nossa Senhora das Dores, diz polícia

Duas crianças morreram e outras 17 pessoas ficaram feridas após uma caixa d’água desabar em cima da Escola Municipal Professor Osman dos Santos Oliveira, no Povoado Campo Grande, município de Nossa Senhora das Dores, Médio Sertão de Sergipe, na tarde desta segunda-feira (6). A informação é do G1. Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, 17 pessoas foram atendidas na Clínica de Saúde a Família, sendo 11 crianças com idades entre 07 e 12 anos. Todas tiveram escoriações e estão em observação. Ainda segundo a assessoria, duas crianças em estado mais grave foram transferidas para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), em Aracaju. A equipe da unidade de saúde foi redobrada e ainda recebeu apoio de médicos e enfermeiros das cidades de Siriri, Cumbe e Nossa Senhora da Glória. De acordo com o prefeito da cidade, Thiago Santos, o acidente ocorreu na hora do intervalo quando as crianças estavam no pátio, o que teria evitado mais feridos, pois o equipamento caiu na parte das salas de aulas. A Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO) confirmou que a caixa d’água pertence a empresa e ficava ao lado da unidade escolar. O reservatório era responsável pelo abastecimento do povoado, que tem 600 pessoas. Segundo a assessoria de comunicação, uma equipe foi deslocada para o local do acidente e o foco é dar assistência às vítimas e familiares. A Polícia vai investigar a situação, pois segundo testemunhas, a posição da caixa d’água já havia sido questionada pela população.

COMPARTILHE

Jovem invade escola e mata aluna com 11 tiros; Polícia crê que ele tentou namorar vítima

Foto: Reprodução / Facebook

Uma estudante de 16 anos foi assassinada a tiros em uma escola estadual de Alexânia, em Goiás, nesta segunda-feira (6). De acordo com o G1, Raphaella Novinski estudava no 9º ano do Ensino Fundamental e teria sido morta por Misael Pereira Olair, de 19 anos, que foi preso logo após o crime. A delegada Rafaela Wiezel ouviu o suspeito e diz que ele confessou que comprou uma arma porque “sentia ódio” da adolescente. “Ele alega que é conhecido ‘de longa data’ da vítima, e que sentia muito ódio da menina. A partir do depoimento dele entendemos que ele tentou namorar com ela, mas foi rejeitado. Por conta disto resolveu comprar uma arma, adentrar na escola onde ela estava e ceifar a vida dela”, apontou. “Ele nos disse que foram 11 disparos, todos eles no rosto da menina. Tudo isso reforça o indício de crime passional, ele tinha estudado na escola no ano passado e tinha guardado este sentimento de ódio. Nós já ouvimos o depoimento dele, agora vamos seguir os procedimentos”, completou a delegada. Em nota, a Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) informou que Raphaella foi a única alvejada e que três psicólogas e uma assistente social foram deslocadas para o município, para apoiar a equipe da escola, alunos e familiares.

COMPARTILHE

Corpo de jovem que sumiu após carona combinada em app é achado

O corpo da vendedora Kelly Cristina Cadamuro, 22 anos, foi achado na tarde desta quinta-feira (2) em uma área rural perto de uma usina na região de Itapagipe, em Minas Gerais. Ela estava sem roupas, às margens de um córrego, com a cabeça dentro d’água. Uma calça encontrada a cerca de 3 km do corpo foi reconhecida por uma familiar como sendo de Kelly e o restante dos parentes chegou depois para reconhecer a vítima. A informação do Diário Da Região. “Agora estamos mobilizados, junto à Polícia Militar do Estado de São Paulo, nas buscas pelo autor desse crime”, explicou o major Ivanildo Gomes dos Santos, comandante da 4ª Companhia da PM. Foram os próprios PMs quem acharam o corpo depois de buscas na região.

Kelly estava desaparecida desde a noite de ontem. Ela iria de Guapiaçu, em São Paulo, para Itapagipe para visitar o namorado, o engenheiro civil Marcos Antônio da Silva. Ela fazia parte de um grupo de caronas no WhatsApp e combinou de levar um casal para dividir os gastos da viagem. Na hora da saída, a mulher desistiu e ela viajou só com o rapaz. O carro da jovem foi achado na manhã desta quinta sem as rodas, o rádio e o estepe entre Mirassol e Mirassolândia, em São Paulo. Não havia sinais de sangue dentro do veículo. Imagens de segurança de um pedágio em Fronteira (MG) mostram quando Kelly passou com o seu carro no sentido Minas Gerais, por volta das 20h. Mais tarde, por volta das 21h, o carro passa no sentido de volta, rumo a São Paulo, somente com um homem dirigindo. A polícia agora busca informações sobre este homem que pegou carona com Kelly. (Estadão)

COMPARTILHE

Subsídios elevam conta de luz em 2,15%, proposta foi apresentada nesta terça (31)

Os subsídios cobrados na conta de luz vão subir para R$ 16,431 bilhões em 2018, alta de 26% com relação ao valor estimado para 2017, de R$ 13,038 bilhões, segundo proposta apresentada nesta terça (31) pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).  Com impacto médio de 2,15% na fatura paga pelos consumidores, o aumento do valor dos subsídios será mais um fator de pressão na conta de energia, que já vem sofrendo com os efeitos da seca. Nesta terça, o secretário-executivo do MME (Ministério de Minas e Energia), Paulo Pedrosa, disse que o governo estuda manter térmicas ligadas no período chuvoso, para poupar água nos reservatórios, o que deve contribuir para manter as tarifas em alta. Os subsídios na conta de luz são cobrados por meio da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) e são destinados a consumidores de baixa renda, sistemas isolados de geração de energia e empresas de saneamento e agricultores, entre outros. Em 2018, segundo a Aneel, consumirão R$ 17,994 bilhões, alta de 13% com relação aos R$ 15,989 bilhões de 2017. Parte desse total, porém, é arrecadada por outras fontes, como a taxa de uso dos bens públicos cobrada das hidrelétricas e multas. Na conta de luz, serão cobrados R$ 16,341 bilhões. O impacto varia de acordo com a região. Os consumidores do sistema Sudeste/Centro Oeste terão um impacto médio de 2,66%. Já no Norte e no Nordeste, o valor é menor: 0,92%. A maior parcela dos recursos é destinada a descontos tarifários nas distribuição e transmissão, que beneficiam empresas de água e esgoto, projetos de irrigação e agricultores, que receberão R$ 7,490 bilhões, aumento de 18,1% com relação a 2017. Os subsídios para a compra de combustível para usinas térmicas em regiões isoladas do país, por meio da CCC (Conta de Consumo de Combustíveis) devem ficar em R$ 5,894 bilhões, 16% a mais do que neste ano. A tarifa social vai consumir R$ 2,53 bilhões, e o programa Luz para Todos, de universalização no fornecimento de energia, R$ 1,17 bilhão, valores equivalentes aos de 2017.

SOCORRO

Na reunião desta terça, a Aneel aprovou o uso de outro encargo cobrado na conta de luz para socorrer as distribuidoras, que enfrentam problemas de fluxo de caixa pela compra de energia mais cara durante a seca. Será transferido R$ 1,1 bilhão da Conta de Energia de Reserva (Coner) para ajudar as empresas a liquidar contratos de energia fornecida em setembro. Para a Abradee (Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica), porém, a solução ainda não é suficiente para resolver os problemas de fluxo de caixa das empresas. Com informações da Folhapress.

COMPARTILHE

Acidente em rodovia de São Paulo arranca cabine de caminhão e motorista sai ileso

Um caminhão bateu na traseira de uma carreta e teve a cabine arrancada na manhã desta terça-feira (31) na Rodovia João Mellão (SP-255), am Avaré, no interior de São Paulo. O motorista saiu ileso. Segundo a Polícia Rodoviária, os dois veículos trafegavam no mesmo sentido, na altura do quilômetro 255 da rodovia, quando um bateu na traseira do outro. O motorista do veículo atingido também não ficou ferido. O acidente aconteceu em um trecho de pista simples, onde estão sendo realizadas obras de duplicação. A rodovia está interditada para a retirada dos veículos e o tráfego no local está sendo desviado pelo acostamento, de acordo com o “G1”. As causas do acidente serão investigadas.

COMPARTILHE

Homem atira em cinco pessoas, mata familiares e comete suicídio em Campinas

Um homem matou três pessoas e baleou outras duas na manhã desta segunda-feira, 30, em Campinas (SP). Segundo a Polícia Militar, as mortes ocorreram na rua João Maria Batista, no distrito de Sousas pouco antes das 6h30. O pai e uma irmã do criminoso estão entre os mortos. A polícia foi acionada após uma moradora do bairro ouvir os disparos. A casa onde elas estavam foi incendiada pelo atirador e, segundo a PM, não houve outros feridos. Os corpos continuam no local do crime, que vai passar por perícia. De acordo com o G1, de carro, o atirador foi para outro ponto da cidade, onde fez vários disparos contra um homem e a ex-namorada dele, que estão hospitalizados. Segundo a PM, o criminoso foi localizado próximo à Avenida Prestes Maia, uma das mais movimentadas da cidade. O atirador se matou com um tiro na cabeça, ao ver os policiais, informou a corporação. Dois revólveres calibre 38 foram encontrados dentro do veículo do atirador e apreendidos. Ele já tinha passagens na delegacia e, havia uma ordem judicial que o impedia de se aproximar da família. A Polícia Civil investiga o que motivou os crimes.

COMPARTILHE