Brasil







FUNCIONÁRIA DO MINISTÉRIO DOS DIREITOS HUMANOS É MORTA PELO EX-MARIDO

Janaína Romão Lucio foi morta a facadas | Foto: Arquivo Pessoal

Janaína Romão Lucio foi morta a facadas | Foto: Arquivo Pessoal

Uma funcionária terceirizada do Ministério dos Direitos Humanos foi assassinada neste sábado (14), em Santa Maria, região do Distrito Federal a cerca de 26 km do centro de Brasília. A 33ª Delegacia de Polícia registrou o caso como feminicídio. As informações são da Agência Brasil. Janaína Romão Lúcio, 30, trabalhava como assessora do Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento das Políticas Públicas para a População em Situação de Rua. No fim da tarde de ontem, ela foi esfaqueada ao ir buscar as filhas na casa do ex-marido, com quem, segundo testemunhas, teria discutido. A Polícia Civil não revelou detalhes do caso. Em nota, o ministro dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha, lamentou a morte da funcionária e repudiou a violência contra as mulheres.

“Em nome de todo o ministério, compartilho do luto e manifesto solidariedade aos familiares e colegas de trabalho”, manifestou, destacando a gravidade da situação das mulheres vítimas da violência. Representantes do Ministério dos Direitos Humanos já estão em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal a fim de acompanhar as investigações do assassinato de Janaína. Também em nota, o escritório potiguar do Movimento População de Rua informou ter recebido a notícia da morte de Janaína “com imensa tristeza e pesar”. “Esperamos que o caso seja apurado e o assassino seja preso e pague pelo crime bárbaro de feminicídio”, acrescentou o movimento, aproveitando para repudiar também a todas as mortes de pessoas que viviam nas ruas.

COMPARTILHE

GRÁVIDA É BRUTALMENTE ASSASSINADA E CRIMINOSOS ROUBAM BEBÊ APÓS FAZER PARTO FORÇADO

O parto foi forçado e o crime pode ter sido cometido por duas ou mais pessoas

O parto foi forçado e o crime pode ter sido cometido por duas ou mais pessoas.

Moradores de Paraibuna, no interior de São Paulo, ficaram assustados com um crime que aconteceu no local. Uma mulher grávida foi encontrada morta após parto forçado. O corpo da mulher foi encontrado em uma estrada de terra, a dois quilômetros de uma represa, que está localizada na área rural de Paraibuna. O local é de difícil acesso e pouco movimentado. O parto foi forçado e o crime pode ter sido cometido por duas ou mais pessoas – o mais provável é que tenha sido mais de duas – e até agora ninguém foi preso.

O corpo estava parcialmente carbonizado e havia um corte na barriga, que aparenta ter sido de uma suposta cesárea. A mulher não foi identificada, porque estava sem documentos. Não havia sinais de roubo nem de abuso sexual. Ela estava vestida. Diante desse crime bárbaro, o que ainda não foi descoberto é qual o paradeiro do bebê. A polícia segue investigando, mas não esclareceu quais linhas de investigação estão seguindo. Pode ser que o crime tenha sido cometido para usar a criança no tráfico internacional ou, até mesmo, do uso de crianças para rituais de magia negra.

COMPARTILHE

ADVOGADO É MORTO COM TIROS NA CABEÇA EM CARUARU

O advogado estava visitando a filha na casa da ex-mulher quando foi assassinado.

O advogado André Ambrósio Ribeiro Pessoa, 46 anos foi assassinado com vários tiros na cabeça, no final da tarde desta quinta-feira (12), na cidade de Caruaru. Uma equipe do Samu foi acionada, mas quando os profissionais chegaram ao local o advogado já estava morto. Até o momento nenhum suspeito do crime foi preso.

O advogado estava visitando a filha na casa da ex-mulher quando foi assassinado. Imagens de vídeo mostram o momento em que o advogado desce do carro para deixar a filha e é executado por um homem. A polícia Civil disse que está investigando o crime. Caruaru já registrou 101 homicídios em 2018. (Redação: Jackson Cristiano/Ubaitaba Urgente)

COMPARTILHE

JOVEM MATA NAMORADA E DEPOIS SE JOGA DO 16ª ANDAR DE PRÉDIO

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Uma jovem de 27 anos foi morta pelo namorado na madrugada deste domingo (8), na cidade de Campinas, em São Paulo. De acordo com o site G1, a Polícia Civil informou que Rafael Morais Garcia matou Marília Camargo Carvalho por asfixia e horas depois cometeu suicídio ao se jogar do 16º andar do prédio de um condomínio, no Jardim Aurélia.

Ainda de acordo com a polícia, foram recolhidos para análise computadores, celulares, documentos e as imagens do circuito-interno do prédio, que mostram o rapaz circulando pelo elevador e corredores durante a madrugada. Os dois corpos foram retirados do local. O rapaz era de Minas Gerais e a jovem do Paraná. Marília tinha concluído o curso de medicina na última sexta-feira (6).

COMPARTILHE

POLICIAL CIVIL SE MATA APÓS CONFUNDIR JOVENS COM ASSALTANTES E ATIRAR NELES POR ENGANO

Policial mata jovem por engano e comete suicídio em Macapá (AP)

Policial mata jovem por engano e comete suicídio em Macapá (AP).

Um policial civil se matou após atirar e assassinar um jovem e deixar outras duas pessoas feridas, por engano, na noite desta sexta-feira (6). O caso aconteceu em Macapá, capital do estado do Amapá. De acordo com o G1, o policial Jorge Henrique Banha passava na frente de um mercado quando viu dois jovens, que são primeiros, em um carro branco, e pensou que eles estivessem assaltando o local. Banha começou a efetuar disparos, que culminaram na morte de um dos jovens, de 21 anos.

Ao perceber o engano, ele atirou contra a própria cabeça. “Os rapazes estavam comprando bebida. Ainda não sabemos a motivação, mas a suspeita é que o policial passou em frente ao comércio e imaginou que se tratava de assalto. Ele começou a disparar. Foram mais de 10 disparos de uma pistola institucional”, informou a capitã da PM Danúbia Murici. Todos os envolvidos na ação eram vizinhos e se conheciam, segundo testemunhas relataram à polícia.

COMPARTILHE

COM PELO MENOS 271 CASOS DE SARAMPO, MANAUS DECRETA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

A maioria dos pacientes são crianças com até cinco anos.

A maioria dos pacientes são crianças com até cinco anos.

Em decorrência de um surto de sarampo, a prefeitura de Manaus decretou situação de emergência na cidade, nesta terça-feira (3). O decreto, anunciado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, tem validade de 180 dias. Segundo informações do G1 AM, um balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) aponta que 271 casos já foram confirmados na cidade. A maioria dos pacientes são crianças com até cinco anos.

Além disso, a Semsa indica que há 1.841 casos sob investigação em Manaus, sendo a maior concentração na Zona Norte. De acordo com a publicação, o surto da doença na capital do Amazonas chegou a provocar a antecipação da campanha de prevenção, que estava prevista para iniciar em agosto. Com isso, até o dia 18 de junho, a cobertura vacinal no Estado alcançou 81,2% do público alvo.

COMPARTILHE

ÔNIBUS COM 40 PASSAGEIROS PEGA FOGO NA BR-135 EM FORMOSA DO RIO PRETO

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Um ônibus com cerca de 40 passageiros pegou fogo na manhã deste sábado (3) na BR 135, que corta a cidade de Formosa do Rio Preto. O ônibus da empresa Transpiauí saiu de Brasília com destino a Avelino Lopes no Piauí. Segundo informações preliminares do site Portal do Cerrado, ninguém ficou ferido mas houve perda de bagagens.

Os passageiros que conseguiram retirar uma parte da bagagem, colocaram os pertences do outro lado pista, mas as chamas também atingiram a outra margem da BR. As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas e os passageiros aguardam a resolução do caso na rodoviária de Formosa do Rio Preto.

COMPARTILHE

ALEXANDRE DE MORAES NEGA LIBERDADE A LULA E ARQUIVA PEDIDO NO STF

Lula (PT) I Foto: Reprodução

Lula (PT) I Foto: Reprodução

O ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal (STF), negou, nesta sexta-feira (29), o novo pedido de liberdade pedido pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Moraes também arquivou o pedido da defesa para que o caso fosse analisado pela Segunda Turma da Corte. O ex-presidente Lula está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba desde abril deste ano.

COMPARTILHE

STF LIBERA PORTE DE ARMA PARA GUARDAS MUNICIPAIS DE TODO O BRASIL

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Por meio de decisão liminar, o ministro Alexandre de Moraes liberou o porte de arma a todos os guardas municipais do país, mesmo quando eles estiverem fora de serviço. A medida foi garantida com a suspensão de parte do Estatuto do Desarmamento, que previa essa liberação apenas a guardas de cidades com mais de 500 mil habitantes. Para outros municípios, o uso de arma só poderia ocorrer em serviço. Segundo informações de O Globo, ao analisar o pedido feito pelo Diretório Nacional do Democratas, o ministro justificou que o critério do tamanho da cidade utilizado no Estatuto não condiz com o índice de criminalidade no local.

“As variações demográficas não levam automaticamente ao aumento ou à diminuição do número de ocorrências policiais ou dos índices de violência, estes sim relevantes para aferir a necessidade de emprego de armas ou outros equipamentos de combate à criminalidade”, argumentou o magistrado. Moraes acrescenta que instituições, como a Guarda Municipal, possuem importância cada vez maior no combate à violência.

COMPARTILHE

CASAL É PRESO POR JOGAR O CORPO DA PRÓPRIA FILHA DENTRO DE LIXO EM SP

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Um casal foi preso em flagrante na noite desta quinta-feira (28) após abandonar uma criança recém-nascida em uma lixeira, em Santos, em São Paulo. O corpo da menina, que tinha perfurações no pescoço, foi encontrado por um catador de latinhas que vasculhava uma lixeira em frente a um prédio na cidade. A Polícia Civil trabalha com a hipótese de homicídio. De acordo com informações do G1, o casal mora na rua em que a criança foi encontrada e, além da recém-nascida, têm uma filha de três anos.

A mulher deve responder, ainda, por ocultação de cadáver. Já o homem, deve responder por favorecimento pessoal. Um laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontará as circunstâncias da morte da menina, mas exames preliminares apontam que a criança nasceu viva e apresentava perfurações na região do pescoço.

COMPARTILHE

MULHER MORRE FERIDA POR TAÇA DE VIDRO AO CELEBRAR GOL DO BRASIL

Tâmara assistia jogo do Brasil com amigos (Foto:

Tâmara assistia jogo do Brasil com amigos (Foto: Reprodução/Facebook

Tamara Maiochi, 30 anos, morreu depois de cair e cortar o pescoço em estilhaços de uma taça de vidro na tarde da quarta-feira (27) em Itatiba, no interior de São Paulo. As informações são do G1 Sorocaba. Testemunhas contaram à polícia que Tamara celebrava a vitória do Brasil contra a Sérvia, na rodada final da fase de grupos da Copa do Mundo. Ela se desequilibrou ao levantar de uma cadeira, sofreu a queda e acabou se ferindo. Amigos que estavam celebrando com ela tentaram impedir o sangramento de continuar e chamaram os serviços de resgate.

Apesar dos esforços, Tamara morreu no local. “Ela estava com a taça na mão e mais um celular na outra. Em seguida, ela escorregou, foi se apoiar na mesa e a taça atingiu no pescoço. A investigação continua, mas tudo indica que realmente foi acidente”, diz o delegado Luciano Carneiro de Paiva. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí. O enterro acontece nesta sexta em Conchal, também no interior de São Paulo, cidade onde a vítima nasceu. Ela vivia sozinha em Itatiba.

COMPARTILHE

STF PROÍBE CONDUÇÃO COERCITIVA

O STF formou na última quinta-feira (14), maioria a favor da proibição da condução coercitiva, com placar de 6 votos contra 4. O relator do caso, Gilmar Mendes e os ministro Rosa Weber, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio e Celso de Mello votaram pela proibição. O ministro Luiz Fux votou a favor da condução coercitiva.

COMPARTILHE

JOVEM DE 18 ANOS MORRE APÓS SER MORDIDO POR TUBARÃO EM PRAIA DE PERNAMBUCO

Depois da cirurgia, que acabou por volta das 21h30, ele chegou a ser internado na UTI.

Depois da cirurgia, que acabou por volta das 21h30, ele chegou a ser internado na UTI.

Um jovem de 18 anos morreu na manhã desta segunda-feira (4) após ser mordido por um tubarão na Praia de Piedade, em Pernambuco. De acordo com informações do G1, José Ernesto Ferreira da Silva deu entrada em um hospital perto de 18h, mas não resistiu aos ferimentos e morreu cerca de dez horas depois. “Ele chegou inconsciente, com um ferimento extremamente extenso, gravíssimo. Depois da cirurgia, que acabou por volta das 21h30, ele chegou a ser internado na UTI.

Ele perdeu muito sangue, que foi reposto, mas ele teve um choque hipovolêmico [perda acentuada de sangue que afeta o bombeamento de sangue pelo coração] e não resistiu”, relatou o diretor geral do Hospital da Restauração, Miguel Arcanjo. Ainda de acordo com o G1, José Ernesto foi alertado pelos bombeiros sobre o rico de tomar banho no local do incidente.

No domingo (3), houve mais de 20 intervenções para pedir que os banhistas saíssem do mar. Um levantamento do Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit) aponta que 12 dos 65 ataques de tubarão registrados na costa de Pernambuco desde 1992 aconteceram no ponto onde José Ernesto foi atacado.

COMPARTILHE

CAMINHONEIROS SE CONCENTRAM EM ESTÁDIO EM BRASÍLIA

Foto: Reprodução/Facebook/Radar Sobradinho

Foto: Reprodução/Facebook/Radar Sobradinho

Caminhoneiros e apoiadores se concentram com 15 caminhões no estacionamento do estádio Mané Garrincha, em Brasília. De acordo com o portal UOL, eles aguardam protesto que vem sendo convocado nas redes sociais e no WhatsApp.

Há faixas penduradas, entre elas uma com a frase “Intervenção Militar, buzine”. Várias buzinas foram ouvidas, segundo a reportagem. Ainda segundo a publicação, uma dezena de apoiadores, brasilienses e pessoas de outros estados acompanham a concentração.

COMPARTILHE

PETROBRAS AUMENTA PREÇO DA GASOLINA EM 2,25% NAS REFINARIAS

petrobras

Foto: Divulgação

A Petrobras aumentou hoje (2) em 2,25% o preço da gasolina em suas refinarias. De ontem para hoje, o litro do combustível ficou 4 centavos mais caro, ao passar de R$ 1,9671 para R$ 2,0113, de acordo com a estatal.

Em um mês, o combustível acumula alta de preço de 11,29%, ou seja, de 20 centavos por litro, já que em 1º de maio, o combustível era negociado nas refinarias a R$ 1,8072. O preço do diesel, que recuou 30 centavos desde o dia 23 de maio, no ápice da greve dos caminhoneiros, será mantido em R$ 2,0316 por 60 dias.

COMPARTILHE

‘NÃO TEMOS MAIS COMO NEGOCIAR’, DIZ TEMER SOBRE GREVE DE CAMINHONEIROS

Presidente Temer

O presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (29) que não há mais como disponibilizar recursos federais para convencer os caminhoneiros grevistas a interromper paralisação nacional. Segundo ele, não há como negociar novas concessões, uma vez que já foram esgotados todos os meios financeiros para se chegar a um acordo com a categoria. “Nós esprememos todos os recursos governamentais para atender aos caminhoneiros em reivindicações legítimas e para não prejudicar a Petrobras. A esta altura, não temos mais como negociar, não temos mais o que fornecer”, disse.

Em entrevista à TV Brasil, o presidente disse acreditar que a crise de desabastecimento de alimentos e combustíveis será encerrada a partir desta quarta-feira (30). “Eu percebo que os líderes dos movimentos estão dizendo para voltar ao trabalho. E isso esta começando a dar resultado”, afirmou. Ele observou que, até o momento, a Polícia Federal já instaurou 47 inquéritos contra militantes políticos que se infiltraram nos bloqueios rodoviários. “É preciso exercitar a autoridade prevista no texto constitucional.

Se necessário for, nós ainda a utilizaremos. Mas eu acho que não haverá necessidade, porque os movimentos estão se desmobilizando”, disse. Só a diminuição do óleo diesel teve um impacto de R$ 13,4 bilhões nas contas governamentais. A equipe econômica estuda agora que fontes de recursos poderão ser usadas para compensar a perda. “O governo federal chegou ao limite de disponibilidade. Não há como ceder mais nada que represente custo”, disse à reportagem o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. Ele antecipou que o governo federal pretende deslocar valores da reoneração da folha de pagamento, aprovada no Congresso Nacional, e das cobranças da Cide e do PIS/Cofins.  O restante, segundo ele, será feito por remanejamento de recursos fiscais, ainda não definidos. Com informações da Folhapress.

COMPARTILHE

GOVERNO MONITORA NOTÍCIAS SOBRE RETOMADA DE PARALISAÇÃO

Governo monitora notícias sobre retomada de paralisação

Governo monitora notícias sobre retomada de paralisação.

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse hoje (1°) que os órgãos de inteligência estão atentos a vídeos e notícias falsas que incitam a retomada da paralisação dos caminhoneiros e dizem que o governo não cumpre o acordo. Segundo ele, se for necessário, serão tomadas providências. “No momento certo, se for o caso, haverá ação do governo para que quem estiver incitando de forma infundada inverdades pague a responsabilidade que esse ato por ventura decorra. Não vai ficar sem punição quem tentar descaracterizar a verdade dos atos praticados pelo governo”, disse em entrevista coletiva após a reunião do Grupo de Acompanhamento da Normalização do Abastecimento, no Palácio do Planalto.

Padilha reforçou que pontos do acordo feito com os caminhoneiros já estão em vigor: a não cobrança de pedágio do eixo suspenso, em vigor desde ontem, a reserva de 30% de frete na Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para caminhoneiros autônomos, e a tabela de preço mínimo para o frete. O desconto de R$ 0,46 por litro de óleo diesel deve chegar às bombas de combustível até a próxima segunda-feira (4). Segundo o ministro, será publicada ainda hoje (1º), em uma edição extra do Diário Oficial da União, portaria com as regras para a fiscalização dos preços nos postos de combustíveis. As regras foram anunciadas ontem pelo ministro Eliseu Padilha.

COMPARTILHE

CAMINHONEIRO É MORTO COM PEDRADA NA CABEÇA EM RODOVIA DE RONDÔNIA

A morte será investigada pela Superintendência Regional da PF no Estado

A morte será investigada pela Superintendência Regional da PF no Estado.

Um caminhoneiro foi morto na tarde desta quarta-feira (30), na cidade de Vilhena, em Rondônia. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele foi atingido por uma pedra que teria sido arremessada por um manifestante contra o para-brisa do veículo. A morte será investigadas pela Superintendência Regional da Polícia Federal no Estado, que está se deslocando para o local do crime. Mais cedo, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sérgio Etchegoyen, anunciou que “novas prisões” estão sendo executadas por causa de atos de violência por “grupos estranhos” à mobilização dos caminhoneiros, em greve há dez dias.

O ministro não especificou, no entanto, quantas novas pessoas foram presas, nem onde. Embora não tenha detalhado as novas prisões ocorridas, o ministro informou que foi preso o homem visto em vídeo divulgado pela imprensa agredindo motorista de cegonheira que vestia camisa vermelha e tentava passar por bloqueio. O ministro se referia a um episódio de violência registrado na terça-feira na BR-153 em Miranorte, na região central do Tocantins.

Nas imagens, é possível ver que o caminhoneiro teve a roupa rasgada e recebeu socos. Na terça-feira, outras sete pessoas já haviam sido presas em atos semelhantes, no Maranhão. Etchegoyen também disse que o governo está “profundamente preocupado” com os atos de violência contra caminhoneiros pelo Brasil, mas assegurou que os motoristas serão protegidos e que integrantes de todas as forças federais. “Não temos mais movimento de caminhoneiros, o que temos agora e tem trazido preocupação é o uso da violência contra movimento de caminhoneiros.” (Bahia Notícias)

COMPARTILHE

PETROLEIROS ANUNCIAM QUE ESTÃO EM GREVE DE 72 HORAS NAS REFINARIAS, DIZ FEDERAÇÃO

Greve de petroleiros na Refinaria Duque de Caxias (Reduc I Foto: Marcos de Paula / Agencia O Globo

Greve de petroleiros na Refinaria Duque de Caxias (Reduc) I Foto:  Agencia O Globo

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) anunciou, via rede social, que a greve da categoria começou na madrugada desta quarta-feira (30). Na terça (29), o Tribunal Superior do Trabalho (TST) considerou o movimento ilegal e estipulou multa de R$ 500 mil por dia aos sindicatos, após ação ajuizada pela Petrobras e a Advocaia-Geral da União (AGU).As refinarias não se manifestaram sobre paralisação das atividades em suas unidades. Comunicado da FUP publicado pouco depois da 1h relata que os funcionários “não entraram para trabalhar” em refinarias de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Amazonas e Pernambuco.

Estariam paralisados os seguintes terminais: Reman (AM), Abreu e Lima (PE), Regap (MG), Duque de Caxias (Reduc, RJ), Paulínia (Replan), Capuava (Recap), Araucária (Repar), Refap (RS), além da Fábrica de Lubrificantes do Ceará (Lubnor), da Araucária Nitrogenados (Fafen-PR) e da unidade de xisto do Paraná (SIX). Também não houve troca dos turnos, segundo a FUP, nos terminais de Suape (PE), Paranaguá (PR) e Bacia de Campos (RJ). Os petroleiros decidiram parar as atividades por 72 horas em solidariedade ao movimento dos caminhoneiros e para pedir a destituição de Pedro Parente do comando da estatal, entre outras reivindicações.

LIMINAR

A ministra Maria de Assis Calsing, do TST, concedeu liminar (decisão provisória) na qual classifica como “aparentemente abusivo” o caráter da greve de 72 horas de funcionários da Petrobras. “Defiro parcialmente o pedido para que, diante do caráter aparentemente abusivo da greve e dos graves danos que dela podem advir, determinar aos Suscitados que se abstenham de paralisar suas atividades no âmbito da Petrobras e de suas subsidiárias, nos dias 30 e 31 de maio e 1.º de junho de 2018 e de impedir o livre trânsito de bens e pessoas”. (G1)

COMPARTILHE

TEMER GARANTE QUE NÃO HÁ RISCO DE INTERVENÇÃO MILITAR DURANTE GREVE DOS CAMINHONEIROS

A greve dos caminhoneiros continuam fazendo protestos em rodovias do país I Foto: Marcos Corrêa/PR

Greve dos caminhoneiros continuam em rodovias do país I Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Michel Temer garantiu nesta terça-feira (29) que não há risco de uma intervenção militar em decorrência da paralisação de caminhoneiros. A declaração de Temer, dada a grupo de jornalistas estrangeiros em um fórum de investimentos em São Paulo, é uma resposta a manifestantes que defenderam a intervenção para derrubar o governo durante os protestos. Entre as medidas para conter a instabilidade do governo, Temer também afirmou que o governo poderá ingressar com uma ação junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que seja declarada ilegal a greve convocada por petroleiros para quarta-feira (30). Durante o evento, o presidente voltou a afirmar que “quando não há diálogo, se exerce a autoridade”, citando a liberação do uso das Forças Armadas para desobstruir vias ocupadas pelo movimento paredista.

“O diálogo é da própria essência da boa política e da democracia. É, aliás, a sua fortaleza. Aliás, quando alguns rejeitam o diálogo e tentam parar o Brasil, nós exercemos autoridade para preservar a ordem e os direitos da população. Mas, antes disso, um diálogo é fundamental, leve quanto tempo levar, porque isso é fundamental para o exercício do que a Constituição determina”, afirmou Temer. A greve dos caminhoneiros continuam fazendo protestos em rodovias do país nesta terça, o 9º dia da greve. De acordo com G1, pelo menos 24 estados e o Distrito Federal seguem com vias obstruídas. Em Salvador, o abastecimento de combustível começou a chegar em parte dos postos, e a oferta de transporte começou a operar com 100% da frota nesta terça.

COMPARTILHE

MINISTRO AFIRMA QUE NEGOCIAÇÕES COM CAMINHONEIROS SE ESGOTARAM

Ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha I I Foto: Reprodução

Ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha I I Foto: Reprodução

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou na manhã desta segunda (28) que as negociações do governo com os caminhoneiros se esgotaram. Ele ressaltou que 728 pontos de obstrução foram desbloqueados, mas que as estradas ainda mantêm 557 concentrações da categoria.  “O presidente anotou as providências que tínhamos estabelecido, no nosso entendimento, o movimento dos caminhoneiros, as negociações que o governo tinha de fazer encerraram-se. Nós fizemos nossa parte e agora esperamos que a outra parte cumpra com a sua e já começou a fazê-lo”, disse o ministro na manhã de hoje após reunião do gabinete de monitoramento da crise.

COMPARTILHE

ABASTECIMENTO DE CARNE DE AVES E SUÍNOS PODE LEVAR ATÉ 2 MESES PARA VOLTAR AO NORMAL

O abastecimento de carne de aves e suínos pode demorar até dois meses para se normalizar depois que for encerrada a greve dos caminhoneiros. A estimativa foi divulgada neste domingo pela entidade que representa o setor, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Segundo a associação, até agora 64 milhões de aves adultas e pintinhos já morreram. “A associação lamenta anunciar que a mortandade animal já é uma realidade devido à falta de condições minimamente aceitáveis de espaço e quantidade de ração”, disse em nota.

O número de animais que não estão recebendo alimentação suficiente por falta de ração é de 1 bilhão de aves e 20 milhões de suínos. Com isso, há risco de canibalização entre os animais. Em várias cidades, já há relatos de dificuldades de abastecimento. A previsão é que uma grande quantidade de animais seja sacrificada, em cumprimento às recomendações da Organização Mundial de Saúde Animal e das normas sanitárias vigentes no Brasil.

FRIGORÍFICOS PARADOS

A greve levou à suspensão das atividades em 167 unidades de produção de carne suína e de aves. O número representa mais de 234 mil trabalhadores com suas atividades interrompidas. Além do mercado interno, há impacto ainda nas exportações de carne. Até agora, ainda de acordo com a ABPA, 100 mil toneladas de carne de aves e de suínos deixaram de ser exportadas. A entidade estima que o impacto seja de US$ 350 milhões. (G1)

COMPARTILHE

PETROLEIROS ANUNCIAM GREVE DE 72 HORAS A PARTIR DA PRÓXIMA QUARTA-FEIRA

Além disso, pede a saída do presidente da Petrobras, Pedro Parente

Além disso, pede a saída do presidente da Petrobras, Pedro Parente.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) e seus sindicatos filiados decidiram neste sábado (26) entrar em greve nacional de 72 horas a partir de 0h da próxima quarta-feira (30). A categoria cobra diminuição dos preços do gás de cozinha e dos combustíveis. Além disso, pede a saída do presidente da Petrobras, Pedro Parente, que, “com o aval do governo Michel Temer, mergulhou o país numa crise sem precedente”, de acordo com nota divulgada pela FUP.

Para este domingo (27) os trabalhadores planejam realizar atrasos e cortes de rendição nas quatro refinarias e fábricas de fertilizantes que estão em processo de venda, inclusive na Refinaria Landulpho Alves (RLAM) e na Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados da Bahia (Fafen-BA), localizadas em território baiano. “A atual política de reajuste dos derivados de petróleo, que fez os preços dos combustíveis dispararem, é reflexo direto do maior desmonte da história da Petrobrás”, criticou a FUP no comunicado deste sábado (26).

COMPARTILHE

SEM NÚMEROS SOBRE DESBLOQUEIO, GOVERNO FALA EM PRISÕES

Sem números sobre desbloqueio, governo fala em prisões

Sem números sobre desbloqueio, governo fala em prisões.

Depois de três horas de reunião no Palácio do Planalto, o governo não apresentou dados que mostrem a evolução das paralisações em rodovias do país após o início da atuação das Forças Armadas, convocadas na sexta-feira (24) pelo presidente Michel Temer. Em entrevista coletiva, o ministro Carlos Marun (Secretaria de Governo) disse que a Polícia Federal já emitiu pedidos de prisão contra atos que estão sendo considerados criminosos e falou na aplicação de multas para os que estiverem descumprindo decisão do STF (Supremo Tribunal Federal). “Em função da liminar concedida ontem a nosso pedido, a pedido do governo, pelo STF, o governo começa a aplicar multas no valor de R$ 100 mil por hora parada para os donos das transportadoras que não voltarem à atividade”, disse.

COMPARTILHE

APESAR DA REDUÇÃO NAS REFINARIAS, PREÇO DO DIESEL SOBE MAIS DE 5% NA SEMANA, DIZ ANP

Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil

Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil

A ANP (Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis) divulgou ontem (25) um levantamento que aponta que o preço médio do diesel nas bombas terminou com forte alta na semana. O avanço foi de 5,3%, e o combustível passou de R$ 3,595 por litro para R$ R$ 3,788. Na mesma semana, a Petrobras reduziu o preço do diesel nas refinarias em mais de 10%. O repasse ou não para o preço nas bombas depende dos postos. A medida redutiva aconteceu em meio às negociações entre o governo e a categoria dos caminhoneiros, que entrou no sexto dia de greve hoje (26), com reivindicações sobre o preço do diesel nas bombas.

O número obtido representa uma média calculada pela ANP, que verifica os preços tanto do diesel quanto da gasolina, do etanol e do gás de cozinha em diversos municípios. Os valores, portanto, podem variar de acordo com a localidade. Durante a greve dos caminhoneiros, alguns postos chegaram a vender o litro da gasolina por quase R$ 10. Enquanto isso, outros estabelecimentos organizaram o “dia sem imposto” na quinta-feira (24) e o produto chegou a ser vendido por menos de R$ 3.

COMPARTILHE