Brasil: Greve dos Correios continua em 21 Estados e no DF

correios

A greve dos Correios ainda paralisa os serviços postais de 21 Estados e do Distrito Federal. Os sindicatos de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte, Rondônia e Amapá e Tocantins aceitaram a proposta que a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) apresentou no dia 13 de setembro. De acordo com os Correios, 93% dos seus empregados trabalham normalmente. A federação nacional da categoria protocolou junto ao Tribunal Superior do Trabalho uma contraproposta na última sexta-feira (27) e aguarda a resposta da companhia. No início da campanha, os grevistas reivindicavam correção salarial com base na inflação do período mais 6% de aumento real. A empresa ofereceu reajuste linear de 8% aos salários e de 6,27% aos benefícios dos empregados. Os Estados que não aceitaram a proposta pedem que os 8% se estendam a todos os benefícios. Segundo os Correios, essa mudança representaria um impacto de R$ 1,6 bilhão. A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) acusa a ECT de tentar iludir os trabalhadores “com a falsa expectativa de avançar nas negociações regionais”. A empresa alega, porém, que empreendeu todos os esforços para fechar um acordo, mas a Fentect se recusou a dialogar. (Bahia Noticias).

COMPARTILHE