Brasil: Ibope aponta que 77% desaprovam saúde no país

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.VDlai1cE2R

As avaliações positivas do governo federal caíram em oito das nove áreas analisadas, na comparação de setembro com junho, de acordo com pesquisa CNI-Ibope, divulgada nesta sexta-feira (27). O setor pior mensurado em setembro é a a saúde, com 77% de desaprovação e 21% de aprovação. Em junho, 66% desaprovavam as políticas nesta área e 32% aprovavam. “Não foi perguntado se vai melhorar. Por isso não dá para considerarmos, ainda, o [efeito do Programa] Mais Médicos”, disse o economista e gerente de Pesquisa da CNI, Renato da Fonseca. Apenas as políticas e ações na área de combate à fome e à pobreza foram aprovadas por mais da metade da população. De acordo com a pesquisa, 51% aprovam o governo nessa área, ante aos 60% registrados em junho. Segundo a pesquisa atual, 47% desaprovam essas políticas. A segunda área de atuação do governo pior avaliada foi a de segurança pública, desaprovada por 74% da população e aprovada por 24%. Em junho, 67% desaprovavam e 31% aprovavam. A terceira área pior avaliada foi referente aos impostos, desaprovados por 73% da população e aprovado por 22%. A desaprovação do brasileiro em relação ao combate à inflação aumentou 9 pontos percentuais, mas a maior variação foi a desaprovação das políticas voltadas à taxa de juros, que subiu de 54% para 71% no mesmo período. Informações da Agência Brasil. (Bahia Noticias).

COMPARTILHE