Morre enfermeiro de 33 anos com suspeita da doença do pombo em Linhares-ES

pombod-1200x545_c

O enfermeiro Weverson Aguiar, mais conhecido como Popó, de 33 anos, morreu na tarde desta terça-feira (26), após quase 30 dias internado no Hospital Geral de Linhares-ES. De acordo com uma amiga do enfermeiro, ele veio a óbito com a suspeita de ter contraído a doença do pombo. Os sintomas começaram com dores de cabeça e evoluíram. Popó, que era morador do bairro Lagoa do Meio, já não falava, andava e nem enxergava mais e veio a óbito após sofrer quatro paradas cardiorrespiratórias.nDe acordo com a amiga, Popó atuava como enfermeiro chefe num hospital de Colatina, também no Espírito Santo e tinha o hábito de passar o tempo durante os intervalos numa praça próxima com grande incidência de pombos. Numa destas visitas ele teria inalado, involuntariamente, fezes da ave e a partir daí houve a evolução da doença.. Infectologistas contam que a ave transmite, pelo menos, nove doenças e que as relacionadas com fungos são as mais graves, mas têm tratamento e cura. Os sintomas se assemelham aos da pneumonia, por isso é importante relatar ao médico se o paciente vive em um ambiente com muitos pombos. (Site de Linhares).

COMPARTILHE