‘Se houver golpe, fecharemos as estradas’, diz líder do MST

yyu-1

O líder do Movimento Sem-Terra, João Pedro Stédile avisa: se houver tentativa de golpe contra a democracia brasileira, o MST fechará todas as estradas do País. “O MST vai se somar à luta da classe trabalhadora”, diz ele. Stédile lembra ainda que o movimento que ele lidera tem acampamentos em mais de 2 mil municípios, por onde passam todas as principais estradas do Brasil. Principal articuladora do golpe, a Globo se surpreendeu com a onda de solidariedade popular em torno do ex-presidente Lula e já pede ajuda dos militares. A fala de Stédile, no entanto, é bem mais pacífica do que a da Globo, uma vez que ele sempre enfatiza o “se”, indicando que só haverá reação se a Globo e suas forças políticas insistirem no golpe.

COMPARTILHE